Vestibular Comércio Exterior 2018

Vestibular Comércio Exterior 2018
5 (100%) 1 vote

O profissional formado em Comércio Exterior irá trabalhar com técnicas e métodos de compra e venda de produtos e serviços, fazendo a ponte entre empresas e governos de diferentes países. Sua função é acompanhar os acontecimentos internacionais, envolvendo aspectos políticos e econômicos, além de estar por dentro dos eventos para encontrar mercados consumidores e empresas fornecedoras.

Vestibular Comercio Exterior 2018

A formação em Comércio exterior propicia a capacidade de analisar as tendências de mercados, sejam de seu próprio país ou de outros, identificando as necessidades de clientes e fornecedores e as melhores oportunidades de compra e venda, elaborando estratégias de negócio e de marketing, e definindo a logística, como frete e estocagem de produtos importados e exportados.

publicidade

O campo de trabalho do profissional de Comércio Exterior também inclui as empresas de logística, na área privada ou estatal, dos mais diversos setores, que atuem com importação e exportação, além de instituições financeiras e agências governamentais de desenvolvimento econômico, empresas de seguro e de câmbio. O curso de Comércio Exterior permite ao profissional ingressar no mercado de trabalho como tecnólogo.

Comércio Exterior – Mercado de Trabalho

Atualmente grande parte das empresas buscam trabalhar com o mercado internacional, com as facilidades da globalização, o que favorece o mercado de trabalho para o profissional formado em Comércio Exterior.

A procura desse profissional é feita por empresas que buscam competir com outros mercados, negociando com compradores e vendedores estrangeiros, conseguindo melhores condições de contratos de compra e venda.

O profissional de Comércio Exterior também pode encontrar espaço para trabalhar em logística ou marketing internacional, em agências governamentais e organismos internacionais, como por exemplo a OMC – Organização Mundial de Comércio, o Banco Mundial ou mesmo o FMI – Fundo Monetário Internacional.

O profissional de Comércio Exterior precisa, para sua atuação, apenas se manter a par dos acontecimentos políticos e econômicos internacionais, além de dominar algumas particularidades sociais de cada país em que esteja atuando.

Assim, além do curso de Comércio Exterior, é necessário que tenha também especialização em algumas áreas e domínio de idiomas estrangeiros, principalmente o inglês e o espanhol.

publicidade

Grande parte do mercado de trabalho para o Comércio Exterior encontra-se na região Sudeste, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. As oportunidades também estão melhorando na Região Sul e Nordeste, sendo destaques os Estados da Bahia, de Pernambuco e do Ceará.

Vestibular Comércio Exterior 2018

O curso de Comércio Exterior, com duração de 4 anos, mescla matérias da área de exatas com matérias específicas da área de Comércio Exterior. O estudante tem disciplinas como matemática financeira, administração, economia, contabilidade e estatística. Nos anos mais avançados, as disciplinas são voltadas para o direito internacional, logística e negociações internacionais, sem deixar de lado sociologia, espanhol, ética e comunicação empresarial. Para o curso, é necessário que o aluno faça estágio no último ano, também apresentando trabalho de conclusão do curso.

O curso de Comércio Exterior na modalidade tecnólogo tem avançado nos últimos anos, superando o número de formados em bacharelado. Com uma grade curricular bastante semelhante, o curso de tecnólogo começa com disciplinas estruturais, como matemática financeira, inglês instrumental, comunicação empresarial e conceitos básicos de comércio exterior, enfatizando no ano seguinte os temas de economia, marketing, administração, direito internacional e legislação aduaneira. Alguns cursos voltam-se para a formação de relações comerciais internacionais corporativas.

Funções do Comércio Exterior

Veja as áreas onde o profissional de Comércio Exterior pode trabalhar:

  • Agenciamento de carga, contratando fretes e seguros internacionais, acompanhando embarque e desembarque de mercadorias;
  • Análise, servindo como intermediário para o fechamento de contratos de compra e venda com empresas estrangeiras, aplicando os procedimentos exigidos pela legislação;
  • Consultoria, assessorando empresas de médio e pequeno porte, que desejem atuar no mercado internacional;
  • Cotação, realizando a cotação de produtos internacionais em suas moedas de origem;
  • Gestão, estudando e determinando o mercado com o qual se deseja operar, elaborando os objetivos e metas de exportação;
  • Logística, determinando a forma e controlando o transporte de produtos;
  • Marketing internacional, fazendo a análise de mercado e adaptando mercadorias para a cultura local onde o produto será comercializado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *