Vestibular Odontologia 2018

Vestibular Odontologia 2018
5 (100%) 1 vote

Após passar no vestibular odontologia, o formando sai pronto para exercer a profissão como um odontólogo ou, como costumamos popularmente denominar dentista. Esse profissional dedica-se ao tratamento dos dentes, da saúde e da estética da boca, restaurante, extraindo e limpando dentes. Entre suas atividades também está a instalação de próteses, a realização de cirurgias e o tratamento de doenças que atacam a gengiva, a língua e as bochechas.

A Odontologia possui diversas especialidades atualmente, como a periodontia e a restauração dentária, entre outras.

Vestibular de Odontologia 2018

publicidade

Depois de formado, o dentista possui diversas opções de trabalho, podendo abrir um consultório e atuar como profissional liberal (e, neste caso, geralmente, procura um sócio ou mais, já que o custo de equipamentos e da instalação é muito alto), ou trabalhar no serviço público, atendendo pacientes do SUS e do INSS.

Desde 2008, para exercer a profissão o dentista precisa obter o registro do Conselho Regional de Odontologia – CRO e, em 2009, o CRO autorizou novas práticas para tratamento dentário, como a acupuntura, a fitoterapia, a terapia floral, a hipnose, a homeopatia e a laserterapia.

Vestibular Odontologia – Mercado de trabalho

Grande parte dos formados no Vestibular Odontologia tem como objetivo a instalação de um consultório independente mas, atualmente, a concorrência é bastante alta, principalmente nas médias e grandes cidades.

Para outros, a opção melhor é o serviço público, o maior empregador de cirurgiões dentistas brasileiros, mantendo atualmente mais de 70 mil profissionais da área.

A Região Sudeste ainda é a que concentra a maior parte dos profissionais de Odontologia, com pelo menos 60% dos cirurgiões dentistas em atividade, e isso acontece também nos programas Saúde na Família, Brasil Sorridente e em unidades básicas do Sistema Único de Saúde, o SUS.

Na área de profissional liberal, as mais ocorrentes são a dentística restauradora, a odontopediatria, a endodontia e a implantodontia, mas essas exigem uma preparação especial, após a formação no Vestibular Odontologia.

Vestibular Odontologia 2018 – Conheça o Curso

O curso de Odontologia de 2018 oferece, como formação básica, disciplinas na área de Ciências Biológicas e da Saúde, ministrando anatomia humana aplicada à:

  • Odontologia;
  • Fisiologia;
  • Patologia;
  • Epidemiologia;
  • Ética e bioética;
  • Histologia;
  • Microbiologia;
  • Psicologia;
  • Imunologia;
  • Bioquímica;
  • Genética;
  • Introdução à metodologia;
  • Material dentário;
  • Dentística;
  • Endodontia;
  • Exodontia;
  • Periodontia;
  • Cirurgia e traumatologia;
  • Próteses;
  • Odontopediatria;
  • Ortodontia;
  • Anestesiologia;
  • Diagnóstico por imagem;
  • Técnica radiográfica e dentística, entre outras.

No segundo ano do curso o estudante começa a treinar restaurações e outros procedimentos, em aulas práticas de laboratório, utilizando um manequim odontológico. A partir do terceiro ano, já começa a atender pacientes na clínica da própria faculdade, indo até o quinto ano do curso, quando precisa apresentar um trabalho de conclusão.

publicidade

Vestibular Odontologia

Vestibular Odontologia – Área de Atuação

Veja as áreas onde, depois de formado, você pode atuar como cirurgião dentista:

  • Clínica Geral, restaurando e extraindo, implantando próteses;
  • Dentística restauradora, restabelecendo a função e forma dos dentes, clareando e corrigindo a estética;
  • Endodontia, tratando alterações na polpa e na raiz dos dentes;
  • Estomatologia, diagnosticando e tratando doenças da boca;
  • Implantodontia, fazendo cirurgias e próteses;
  • Odontogeriatria, cuidando da saúde bucal do idoso;
  • Odontologia do Trabalho, atendendo pacientes cuja atividade possa trazer riscos à saúde bucal;
  • Odontologia em saúde coletiva, atuando em planos de saúde e cooperativas e na montagem de programas de assistência social;
  • Odontologia Legal, fazendo exames e perícias judiciais, elaborando atestados e laudos técnicos, identificando cadáveres pela arcada dentária;
  • Odontologia para pacientes especiais, atendendo pacientes com necessidades especiais ou em situação de risco;
  • Odontopediatria, tratando problemas bucais e dentes de crianças;
  • Ortodontia, alterando a mordedura e a posição dos dentes com aparelhos ortodônticos;
  • Patologia Bucal, fazendo exames laboratoriais para identificar doenças;
  • Periodontia, cuidando das gengivas e dos ossos que dão sustentação aos dentes, fazendo cirurgias, raspagens e procedimentos no entorno dos dentes;
  • Prótese Dentária, projetando e confeccionando próteses de dentes danificados ou substituindo os destruídos, restabelecendo funções na mordedura e na mastigação;
  • Radiologia, diagnosticando problemas na boca, na face e nos maxilares através de raios S;
  • Traumatologia e Cirurgia Bucomaxilofacial, diagnosticando traumatismos, lesões e anomalias na boca, na face e nos órgãos que envolvem o sistema de mastigação (maxilar, mandíbula e gengiva), além de realizar cirurgias, implantes, transplantes e enxertos para sua recuperação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *