Vestibular de Letras 2017

Vestibular de Letras 2017
Rate this post

O Vestibular de Letras é uma designação genérica, abrangendo as áreas da Linguística, de Estudos Literários, Estudos Culturais, História e Filosofia. No Brasil, o primeiro curso de Letras surgiu em 1993, na então Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Sedes Sapientiae, que se transformou, em 1946, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a PUC – SP.

Vestibular de Letras

Quem se forma em Letras consegue o domínio do uso dos idiomas que são objeto do seu estudo. Assim, por exemplo, podemos ter estudos da Língua Portuguesa, da Língua Espanhola, da Língua Francesa, da Língua Alemã e da Língua Inglesa, entre outras, conhecendo sua estrutura, funcionamento, manifestações culturais e literatura.

publicidade

Vestibular de Letras – Licenciatura ou Bacharelado

Um licenciado em Letras é um profissional que reflete teoricamente sobre a linguagem, que consegue fazer uso de novas tecnologias e de compreender sua própria formação cultural como um processo permanente, contínuo e autônomo, precisando estar sempre por dentro de atualizações do idioma escolhido.

Quem se forma no vestibular de letras pode escolher duas modalidades de aprendizado: Licenciatura e Bacharelado. Para a Licenciatura são cobradas disciplinas de áreas pedagógicas, sendo exigido também estágio de docência. A finalidade da Licenciatura é formar pessoal que possa lecionar língua e literatura em todos os níveis de ensino.

Veja Também:

Já o Bacharel em Letras, por sua vez, não possui uma formação pedagógica, tendo em sua grade curricular disciplinas de Linguística e Literatura, com maior profundidade. Desta forma, o Bacharel em letras torna-se habilitado em trabalhar com traduções, redação de textos, revisão de textos, edição de textos, crítica literária e secretariado executivo.

No curso de Licenciatura em Letras, o estudante pode encontrar possibilidade de graduação em diversas línguas e, em universidades mais modernas, pode encontrar habilitações em línguas orientais e clássicas, como o grego, o latim e o aramaico. O curso oferece disciplinas que giram em torno de literatura e linguística.

publicidade

Vestibular de Letras – Área de Atuação

As habilitações tradicionais para o curso de Letras são o Português, o Inglês e o Francês, entre outras, mas algumas instituições oferecem cursos com enfoques mais específicos, como o curso de Língua Estrangeira Aplicada à Negociação Internacional, o curso de Estudos Literários, o curso de Linguagem e Comunicação, o curso de Artes e Mediação Cultural, o curso de Revisão de Textos, o curso de Produção Textual e o curso de Secretariado Executivo em Inglês, entre outros.

Para escolher o melhor curso, o candidato deve saber exatamente o que procura como carreira para o seu futuro. O Brasil possui atualmente mais de 500 faculdades oferecendo o curso de Letras e há possibilidade de inúmeras escolhas de cursos.

Vestibular de Letras – Mercado de Trabalho

Sempre houve e sempre haverá mercado de trabalho para um profissional formado em Letras, desde os empregos mais tradicionais, como professor de idiomas, que pode atuar desde o fundamental até o nível superior, até eventos, como é o caso da Copa do Mundo e das Olimpíadas, quando acontecem no país.

A demanda por professores de inglês e espanhol, principalmente, é muito grande nas capitais e cidades de maior porte do interior, principalmente as mais industrializadas, que começam a trabalhar com o mercado globalizado, mantendo contato com empresas estrangeiras.

O Licenciado em Letras também pode atuar como professor para empresas que querem preparar seus funcionários, ou para estrangeiros que precisam aprender o idioma português.

Para o Bacharel em Letras, atualmente há uma grande demanda pela tradução de textos técnicos e acadêmicos, para a legendagem de filmes, produção de versões e traduções, trabalhos de tradução literária, agente literário ou revisor de textos em editoras de livros, entre outras atividades.

A globalização é a melhor das condições para favorecer o estudo de Letras, exigindo apenas que o estudante tenha vontade de ler e goste de um idioma específico, uma vez que deverá se aprofundar nos seus estudos e acompanhar a evolução das línguas vivas, conhecendo desde o lado clássico até o popular de um idioma estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *